Experimentos Diana Sandes

DESVIOS DIÁRIOS

Diana Sandes - © Todos os direitos reservados

 

"Desvios diários é uma intervenção urbana e uma série de fotografias. Meu diário é fixado pela cidade em fitas adesivas próprias para fazer etiquetas – e organizar a rotina – que resgatei das minhas memórias de infância. As anotações, sempre acompanhadas das datas referentes, vão para as superfícies da cidade e uma fotografia da intervenção do dia é tirada e publicada em uma página virtual. Esse trabalho é um exercício e uma busca. Um exercício de criação e de desfazimento da rotina, uma busca por formas de se viver, diariamente, de maneira mais satisfatória e criativa. O deslocamento do lugar do diário – do espaço íntimo ao público – muda o local das minhas indagações e o próprio discurso, além de possibilitar uma reflexão sobre o lugar das escritas de si na contemporaneidade. É um processo íntimo de reflexão levado às ruas para buscar novas formas de diálogo com o mundo". (Diana Sandes)

 

Diana Sandes é fotógrafa. Graduada em História e mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade – ambos pela PUC-Rio. Buscando produzir um olhar mais delicado sobre o mundo, explora as potencialidades da palavra e da imagem em seus trabalhos teóricos e práticos. Faz parte do coletivo CLAP, especializado em fotografia de espetáculos, através do qual registrou diversos festivais de dança e de música e teve fotos publicadas em livros no Brasil e no exterior.

Nenhum comentário até o momento